EDL Estratégia de
Desenvolvimento Local
PORTUGAL 2020 Candidaturas
PAGAMENTOS Pedidos de
Pagamento
PROJETOS Casos de Sucesso
com o Nosso Apoio
Plano de Aquisição de Competências e Animação

        

 

No âmbito da Medida 3.5.1 do PRODER - Plano de Aquisição de Competências e Animação (PACA), a Associação desenvolveu diversas ações, no período 2009-2015.

 

 

 

Ação 2 - Promoção e Divulgação/ Publicação

 

A Charneca Ribatejana no âmbito da ação 2, participou  na publicação da  revista anual "agrotejo"  para mais informação consulte o link abaixo.

 

http://www.dicasepistas.pt/portfolio/agrotejo/

 

 

Ação 3 - Presença em Feiras

A Charneca Ribatejana no âmbito da ação 3 - Presença em Feiras esteve presente em diversas Feiras, Festivais e Eventos Regionais e Nacionais, para divulgação das suas atividades no âmbito do PRODER.

Criou e desenvolveu 3 eventos para divulgação da importância da vida rural, do touro e do cavalo, também apoiados pelo Plano de Aquisição de Competências e Animação.

 

No âmbito da organização de feiras e outros eventos, realizou um estudo de viabilidade para a organização de uma feira agrícola profissional, no território de intervenção.

Ver estudo

 

Pode ainda ver os videos da Feira de Campo - Herdade da Torrinha - e Evento Cavalo e o Campo - Mata do Duque, nas nossas Publicações

Ver todas as publicações

 

 

 
Ação 4 - A Importância dos planos de água no desenvolvimento rural

Objetivo: Reconhecimentos da importância do elemento Água no território, seja para fins turísticos, ambientais ou económicos.

 

Levantamento do Potencial Turístico do Rio Tejo

Ver documento

 

Bacia do Sorraia - Meio século de dinâmica fluvial 

Ver documento

 

 

 

Ação 5 - Valorização da Floresta como espaço de lazer

Estudo sobre valorização da floresta como espaço de lazer, em termos de biodiversidade, nasZIFs pertencentes ao concelho de Coruche.

Ver estudo

Estudo realizado pelo Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrâneas - Universidade de Évora

2014

 

 

 

Ação 6 - Qualidade da envolvente urbano-rural  

Estudo das necessidades de melhoria da qualidade da paisagem.

Para precisar o conceito de espaço rural parece essencial contrapor-lhe o conceito de espaço urbano. Tradicionalmente complementares, arriscamos afirmar que o rural e o urbano se encontram hoje em posição de confronto.
A evolução do conceito de rural conduziu à emergência de paradigmas baseados na valorização das valências de dois tipos de espaços: por um lado as áreas “não urbanizadas” na envolvência das cidades, onde há uma ocupação de carácter urbano e, por outro lado, as áreas rurais profundas, onde ainda permanecem espaços pouco humanizados e genuínos do ponto de vista cultural, que são, por isso, “fetichizados” por uma população sobretudo urbana.
 
Estas são as duas grandes tendências de redescoberta do “rural”. As Interfaces Urbano-Rurais apresentam características que, em Portugal, são diversas das de outros países, dificultando a sua definição e identificação, bem como a das estratégias
adequadas à prevenção, proteção e combate aos incêndios florestais. Tomando como área de estudo os concelhos de Almeirim, Alpiarça e Chamusca no período de 2003 a 2012, procedemos à análise e identificação das freguesias correspondentes às áreas de Interface Urbano-Rural, utilizando a tipologia do INE.
 
Ver estudo
 
 
 
 

 

Ação 7 - Segurança no espaço rural e apoio aos mais desfavorecidos

Estudo das necessidades de melhoria da segurança de pessoas e bens e de apoio aos mais desfavorecidos.

O objectivo geral deste projecto consiste em apresentar um estudo para a zona Norte da Ribeira do Ulme, concelho de Chamusca, onde se pretende identificar os principais problemas/dificuldades das pessoas que vivem em zonas mais desfavorecidas e afastadas das sedes de freguesia e/ou concelho.
Pretende-se ainda garantir a segurança de bens e pessoas apurando a principal causa do elevado número de ocorrências de incêndio florestal que têm vindo a ocorrer na zona de estudo.
Apresentar medidas que visem contribuir a diminuição das ignições de forma a promover a segurança em espaço rural.
 
Ver estudo
 
 

 

Ação 8 - Turismo ativo, a esperança dos grandes espaços rurais

Estudo que procura determinar as principais atividades a promover no território.

 

Estudo elaborado pela APFC - Associação de Produtores Florestais de Coruche, 

em colaboração com o Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas - UEvora

Projeto Financiado pelo Plano de Aquisição de Competências e Animação - PRODER

Ver estudo

 

 

 

Ação10 - Turismo em Espaço Rural

Organização da atividade do Turismo em Espaço Rural.

Nesta ação foi elaborado um estudo para apoiar a actividade de Turismo em Espaço Rural, no Ribatejo.

Ver Estudo

 

 

 

 

Ação 11 - Biomassa Florestal

 

Estudo das melhores espécies florestais e a sua experimentação para a produção de biomassa florestal.

Portugal e mais propriamente a área de estudo, os concelhos de Almeirim, Alpiarça e Chamusca não têm recurso a combustíveis fósseis, pelo que os renováveis serão uma opção.

Estes três concelhos têm, embora com significativas diferenças entre si, uma importante actividade agrícola e florestal.

Neste âmbito, a biomassa apresenta uma elevada importância pela sua transversalidade à gestão florestal, produzindo energia e calor neutros no que respeita às emissões de CO2.

 

Este estudo foi eleborado pela ACHAR - Associação de agricultores da Charneca

Ver documento completo

Ver anexos

 

 

 

 

 

Ação 12 - Inventariação dos produtos agro-alimentares

Levantamento dos produtos e produtores agro-alimentares e outros da região.

Nesta ação inventiaram-se os produtos agro-alimentares e outros (artesanato), nos vários concelhos do território.

A elaboração do inventário foi realizada em 2009 e posteriormente em 2010, foi feita a sua atualização. 

Ver Inventário 2009

Ver Inventário 2010

 

 

De forma a ser possível apresentar este estudo, foi criada uma plataforma eletrónica, com mais informação, sobre os produtos e produtores da Região.

A plataforma MADE IN RIBATEJO permite ao utilizador localizar facilmente os locais de produção e venda destes produtos. 

 

 

 

 

 

Ação 14 - Avaliação da sustentabilidade ambiental na utilização do recursos hídrico

Estudo dos impactos dos caudais  e eficiência de rega, na preservação dos recursos naturais.

Ver documento

 

 

 

 

Ação 15 - Avaliação da capacidade energética do território

 

Avaliação do potencial energético (energias alternativas) e eficiência energética no território.

Ver documento

 

 

 

 

Ação 17 - Desenvolvimento e boas práticas

Conhecimento de iniciativas, normas, conselhos para melhoria da qualidade de vida  rural. 

Nesta ação foi feita uma recolha de informação sobre Boas Práticas em diversos domínios - Ambiente, Saúde pública, Saúde animal, Fitossanidade, Bem estar animal, Boas condições agrícolas e ambientais e outro Requisitos na Exploração Agrícola.

A versão inicial de 2009 obteve em 2010 uma atualização.

Em baixo pode consultar os dois documentos:

Ver Documento 2010

Ver Documento 2009

 

Projeto realizado pela Associação de Agricultores do Ribatejo

Dezembro 2009 e 2010

 

 

 

GALERIA DE
FOTOGRAFIAS
+
RIBATEJO
VISITE O QUE É NOSSO!
produtos tradicionais onde ficar onde comer nosso artesanato festividades o que fazer
SUBSCREVA A
NOSSA NEWSLETTER
|
OK
JUNTE-SE A NÓS
NO FACEBOOK!
ASSOCIAÇÃO PARA A PROMOÇÃO RURAL DA CHARNECA RIBATEJANA © Todos os direitos reservados | Política de Privacidade
Site by omsite.com